Alimentos orgânicos – uma vida mais saudável
16 de dezembro de 2017
Izabel Maria Gomes Ferreira (1 artigo)
Compartilhar

Alimentos orgânicos – uma vida mais saudável

Não basta pensar somente em boa alimentação e atividade física, é necessário pensar também na qualidade de seus alimentos.

Na busca por uma vida mais saudável não basta pensar somente em boa alimentação e atividade física, é necessário pensar também na qualidade dos alimentos que você coloca na sua mesa. Estamos habituados a consumir alimentos que julgamos ser saudáveis, mas que estão cheios dos compostos chamados xenobióticos: inseticidas, herbicidas, fungicidas, conservantes e adubos químicos. Estes compostos são usados em alimentos para aumentar o seu crescimento, combater as pragas e aumentar sua vida útil na prateleira. Os xenobióticos são compostos estranhos ao organismo humano que, em excesso, podem causar uma série de danos à saúde, levando a uma ação tóxica sobre nossas células. Entre os principais danos à saúde podemos destacar alergias, problemas gastrointestinais e o desenvolvimento de doenças crônicas, como o câncer.

Uma alternativa que pode diminuir o acúmulo desses compostos xenobióticos no organismo é o consumo de alimentos orgânicos. Estes alimentos são produzidos em sistemas em que não são utilizados agrotóxicos ou produtos químicos que modificam a sua natureza (inseticidas, herbicidas, fungicidas, antibióticos e hormônios) e outros insumos artificiais tóxicos, como adubos químicos. Ao contrário dos alimentos convencionais, os alimentos orgânicos utilizam técnicas especiais que respeitam o ambiente durante todo o seu processo de produção. São mais saudáveis, pois são livres de agrotóxicos, hormônios e outros produtos químicos. São alimentos mais saborosos, com mais qualidade, frescos e mais doces no caso das frutas. Muitas pessoas não fazem ideia de como é o gosto verdadeiro das frutas que apreciam, isto porque os agrotóxicos e outros produtos químicos afetam o sabor dos alimentos. Nos produtos orgânicos há maior concentração de nutrientes, principalmente antioxidantes, maior segurança alimentar, responsabilidade social e proteção ambiental.

Esses alimentos são produzidos por pequenos produtores locais da região, os quais respeitam o solo e a época de cada alimento. Quando consumimos produtos orgânicos, principalmente frutas e hortaliças, estamos fazendo uso de um alimento com valor nutricional maior, especialmente no teor de minerais, pois são produzidos em um solo mais rico e equilibrado e em um microclima mais saudável, com um cultivo feito de forma mais respeitosa com o meio ambiente, irrigação com água mais pura e sem aditivos químicos. Quando optamos por alimentos orgânicos, não fazemos apenas uma escolha saudável de alimentos livres de xenobióticos, mas estamos ajudando a construir uma microrrevolução social, optando por ajudar os pequenos produtores locais a criar uma rede de produção mais responsável com a sociedade e o meio ambiente.

Onde encontrá-los? Em feiras livres de bairros, em hortas orgânicas e em alguns supermercados e hortifrútis especializados em orgânicos. Temos que aprender a valorizar alimentos da nossa terra, da nossa cultura e da nossa cidade, e procurar saber onde encontrar esses alimentos mais perto de nós. Assim, todos saem ganhando: o produtor, que produz; e você, que necessita de alimentos de qualidade. O prazer tem que vir junto com a saúde, somos saudáveis se somos felizes.

 

 

Compartilhe!
Izabel Maria Gomes Ferreira

Izabel Maria Gomes Ferreira

Nutricionista Clínica Funcional • Pós-Graduanda em Nutrição Esportiva Funcional pela VP CONSULTORIA • Pós-Graduanda em Fitoterapia pela USP, de São Paulo • Especialista em Gastronomia Funcional • Estudante de Homeopatia. CRN 17815/P